Biblioteca Virtual em Saúde

RedDes

Palestra de Laura Pimentel com o tema “O Bibliotecário como Arquiteto de Informação. A evolução continua.

Dentro da iniciativa “Informação em ação”, a primeira palestrante será com Laura Pimentel com o tema “O Bibliotecário como Arquiteto de Informação. A evolução continua.”

Agenda

  • - Quem é Laura Pimentel
  • - Como tudo começou…
  • - Missão da Biblioteconomia
  • - Missão da Arquitetura de Informação
  • - A biblioteconomia e o seu conceito na aplicação de AI
  • - Os entregáveis de arquitetura de informação
  • - Projetando uma boa experiência do usuário
  • - Quando o complexo fica claro (e a missão fica cumprida)

Dia 28 de Março 2014 (sexta-feira)

Local do Evento:

BIREME – OPAS – OMS
Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde
Área de Gestão do Conhecimento e Comunicação (KMC)
Rua Botucatu, 862
São Paulo/SP – Brasil
Tel: (55 11) 5576-9800 – Fax: (55 11) 5575-8868

 


Sobre a Laura Pimentel

Formação:

  • Especializações: Pós-graduação em Arquitetura da Informação.
  • Bacharelado em Biblioteconomia e Ciência da Informação (Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo – FESPSP, 2009);
  • Pós-graduação Lato Sensu em Arquitetura de Informação (Faculdade Impacta Tecnologia, 2011).

Experiência Profissional:

  • Professora da disciplina de Biblioteconomia na pós graduação em Arquitetura de Informação na Faculdade Impacta Tecnologia
  • Arquiteta de Informação (Urban Summer Digital Creative);
  • Arquiteta de Informação (MMCafé Web Think);
  • Bibliotecária (Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP);
  • Assistente de Serviços de Informação, Documentação e Pesquisa (Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” – UNESP)

Laura por ela mesmo

Laura Pimentel é uma entusiasta por mundo menos complicado virtualmente falando desde 2003.

Queria trabalhar organizando o que tem na internet e não sabia qual nome tinha essa profissão. Assistiu uma palestra de Arquitetura de Informação na Faculdade (Biblioteconomia, que aliás, tem tudo a ver com isso) com Guilhermo Reis e descobriu que o que gostaria de fazer tinha nome e sobrenome. Uns dão nome de Arquitetura de Informação, outros User Experience e assim por diante.
Todas as atividades que exerce ou exerceu a ajudaram encontrar o equilíbrio pessoal, diante das outras pessoas, das pressões, da tensões e das tomadas de decisão. Pensa em fazer o melhor de maneira simples e tento descomplicar as coisas na vida das pessoas. Por isso escolheu estudar Biblioteconomia e Ciência da Informação, que estrutura, classifica e recupera a informação sob um prisma eficiente/eficaz no que tange sua localização em otimização de tempo e carga cognitiva. Escolheu estudar Arquitetura da Informação para aplicar tudo isso de maneira inteligente, eficiente e eficaz, na web. Tornar o complexo claro, como diria Wurman (1997).
Ah, conheceu pessoalmente Martin Zabaleta, Dan Saffer e Don Normann quando participou do Congresso “Interaction South American 2012″. Uma grande realização!
Pratica Yoga, faz Kung Fu estilo Garra de Águia, aplica muito dessa concentração no dia-a-dia, levando consigo sempre o primeiro juramento do Kung Fu: “Eu me comprometo treinar o corpo e espírito para a Paz.”
Laura também pratica corrida como amadora, por pura diversão. Correr oxigena o cérebro, tonifica os músculos e espairece a mente. Já correu mais de 150km e a última e mais espetacular corrida foram os 25km da 19° Maratona Internacional de São Paulo.
Laura foi convidada para palestrar na FESPSP onde estudou a graduação, repassando um pouco de sua experiência como Arquiteta de Informação para 2 turmas da Pós em Gestão da Informação Digital.

    Búsqueda

    Sobre la RedDes

    La RedDes tiene como principio la equidad de la participación, desarrollo descentralizado, software libre, multiplataforma, orientación a las necesidades de los usuarios, transparencia en la interacciones de la red, orientación a la interoperabilidad de fuentes y flujos de información y continuidad y sostenibilidad de las soluciones creadas.

    La Red es orientada al desarrollo de sistemas de información en capas, con arquitectura basada en servicios, utilizando estándares web, protocolos abiertos, buscando innovar e integrar nuevas metodologías y tecnologías de información y comunicación, multi-idioma, con accesibilidad a los usuarios y dispositivos y con buenas prácticas de seguridad de acuerdo con estándares internacionales.